Categoria Cursos

porStatus Escola Técnica

Técnico de Edificações

O Curso Técnico de Edificações tem por objetivo habilitar profissionais para participar do projeto da obra, planejar sua execução, supervisionar a execução de sistemas construtivos e participar do controle tecnológico de métodos e materiais, cumprindo a legislação e as normas específicas de saúde e segurança do trabalho, meio ambiente e qualidade.

O profissional formado no curso técnico em Edificações está apto para atuar nos diversos setores da construção civil. Pode realizar estudos sobre a situação de determinadas áreas que irão receber construções, instalar canteiros de obras, elaborar e organizar o licenciamento de obras e acompanhar cronogramas de construções.

Além disso, o profissional desse campo pode trabalhar em conjunto com arquitetos, interpretando e desenhando projetos, sendo que os técnicos em Edificações trabalham com a parte externa das construções, coordenando o uso de equipamentos e fiscalizando as aplicações de sistemas construtivos. Vale lembrar que o curso técnico em Edificações se diferencia do curso de Engenharia Civil, sendo que o primeiro tem uma ênfase maior na atuação do profissional no mercado de trabalho.

porStatus Escola Técnica

Secretaria Escolar

O Técnico em Secretaria Escolar é o profissional do Eixo de administração e educação o mercado de trabalho envolve as atividades de secretaria escolar de Instituições de Educação Básica (incluindo a Educação de Jovens e Adultos e a Educação Especial), de Educação Profissional e de Nível Superior e processos e registros educacionais dos estudantes, realiza ações de planejamento, execução, controle agindo de acordo com a Legislação, que regulamenta o setor conforme a legislação federal, estadual ou Municipal.

Curso Técnico em Secretaria Escolar é destinado a capacitar profissionais para trabalhar em funções técnico-administrativas de instituições de Educação Básica e Superior: escolas de educação infantil, de ensinos fundamental e médio, escolas técnicas, faculdades, universidades – em todas as instituições de ensino das redes pública e particular.

O curso aborda temas de enorme importância para a qualificação do profissional para atender as exigentes demandas do mercado de trabalho: as características da escola, legislação aplicada à educação, ética, planejamento e gestão, entre outros. O aluno adquire qualificação para realizar atendimento a alunos e familiares, assessorar a gestão escolar e a Direção, sistematizar rotinas de trabalho, efetuar registros e controle de documentação, acervo e arquivo, entre outros.

porStatus Escola Técnica

Logística

Logística é um conceito que surgiu dentro da Administração de Empresas e consiste em planejar a movimentação de recursos para que a empresa possa funcionar bem.

Em outra palavras, a Logística é a área responsável pelo transporte, armazenamento e distribuição de mercadorias. Para quem deseja trabalhar na área uma das possibilidades é fazer o Curso Técnico de Logística, uma formação de nível médio que prepara o profissional para entrar rapidamente no mercado de trabalho

O curso técnico de logística é uma formação de nível médio que prepara o profissional para:

  • Aplicar os principais procedimentos de transporte, armazenamento e logística de empresas.
  • Executar e agendar manutenções em máquinas e equipamentos.
  • Executar procedimentos de compras, recebimento, armazenagem, movimentação, expedição e distribuição de materiais e produtos.
  • Apoiar a gestão de estoques.
  • Prestar atendimento aos clientes.
  • Implementar procedimentos de qualidade, segurança e higiene do trabalho no sistema logístico.
porStatus Escola Técnica

Meio Ambiente

O técnico pode atuar no mercado de trabalho com o objetivo de colher, registrar e interpretar informações, dados e documentações ambientais. Ainda, pode prestar auxílio na elaboração de laudos, relatórios e estudos relacionados ao meio ambiente, bem como desenvolver e aplicar sistemas de gestão ambiental.

Esse profissional está habilitado a identificar diferentes intervenções ambientais e suas possíveis consequências. Também, encontrar formas de promover ações de preservação, melhorias, redução e remediação de efeitos gerados por qualquer interferência na natureza.

Além disso, ele tem a chance de realizar programas de cunho educativo em instituições de ensino, abordando temas como a conservação e preservação dos recursos naturais, e sobre a redução, reuso e reciclagem de resíduos.

O técnico de meio ambiente é formado para proteger e preservar o ecossistema

O profissional da área de Meio Ambiente tem o objetivo de produzir mais usando menos, reduzindo a emissão de gases e a produção de resíduos. Como todas as indústrias devem ter um plano de gestão ambiental, precisam de pessoal especializado e isso torna o campo de trabalho nesta área muito grande. O profissional também pode atuar no poder público, em secretarias e órgãos municipais, estaduais ou federais, que fiscalizam e desenvolvem programas de prevenção e educação ambiental, encontrando soluções sustentáveis. O profissional pode atuar em instituições públicas, privadas e terceiro setor, estações de tratamento e monitoramento de efluentes, afluentes e resíduos, unidades de conservação ambiental, indústrias de papel e celulose, instituições de pesquisa, entre outros. Trabalhar na área de Meio Ambiente é encontrar soluções sustentáveis para melhorar o mundo. É uma atividade que está mais valorizada do que nunca.

porStatus Escola Técnica

Técnico por Equivalência

A escola faz todos os procedimentos necessário para a obtenção de sua equivalência de acordo com a atual legislação brasileira e normas da instituição que prevê o registro técnico no CREA, por equivalência de tempo de serviço e estudos realizados.

NÃO PERCA MAIS TEMPO.
Faça sua pré-matrícula pelo site e obtenha seu registro no CREA.
Sua documentação estará sujeita a análise técnica para aprovação.
porStatus Escola Técnica

Especialização Pós-técnico

Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos

Hidráulica:
  • Princípios de hidráulica, estudo das leis físicas e dimensionamento das variáveis forças, velocidade, pressão, vazão, tempo, aceleração, potência, etc.
  • Descrição do funcionamento de bombas hidráulicas, motores hidráulicos, cilindros hidráulicos, válvulas de bloqueio, válvulas direcionais, tecnologia dos elementos lógicos, válvulas de controle de pressão, válvulas de controle de vazão, válvulas proporcionais, servo válvulas, acumuladores hidráulicos, pressostatos, filtros, reservatórios e acessórios.
Pneumática:
  • Princípio da pneumática e suas característica físicas básicas. Produção, preparação e distribuição do ar.
  • Descrição do funcionamento de unidade de preparação do ar, atuadores pneumáticos, elementos de comando como válvulas direcionais, válvulas de bloqueio, válvulas de controle de fluxo e de controle de pressão, elementos de conexão e combinações de válvulas.
porStatus Escola Técnica

Eletrônica Industrial

O Técnico em Eletrônica Industrial atua nos ambientes de produção, manutenção industrial, laboratórios e centros de desenvolvimento e pesquisa, tanto de indústrias como de empresas e instituições de outros setores. São muitas as oportunidades de trabalho para esse profissional, em todas as cadeias produtivas, com destaque para as empresas eletrônicas, elétricas, montadoras automobilísticas e de aviões, gráficas, têxteis, químicas, metalúrgicas e de informática.

Divide-se em analógica e em digital porque suas coordenadas de trabalho optam por obedecer estas duas formas de apresentação dos sinais elétricos a serem tratados.

Entre as principais atividades deste profissional estão: instalação e manutenção de sistemas eletrônicos, programação de equipamentos com o emprego de recursos de informática, manutenção preventiva e corretiva de aparelhos, desenhar projetos de circuitos eletroeletrônicos, entre outras.

Existem vários segmentos onde o técnico em eletrônica pode atuar. Entre eles estão: indústrias da construção civil, de eletroeletrônicos, informática, telecomunicações, entre outras desenvolvendo projetos de construção, montagem e aperfeiçoamento de materiais; concessionárias de energia elétrica, área de produção (operação e controle da produção), de manutenção e automação (manutenção de equipamentos de automação e controle), empresas prestadoras de serviços. Pode também trabalhar como profissional autônomo, montando o próprio negócio.

porStatus Escola Técnica

Eletromecânica Industrial

O curso Técnico em Eletromecânica tem como objetivo formar profissionais habilitados para desenvolver atividades de assistência técnica, instalação, montagem e manutenção de sistemas eletromecânicos e equipamentos; operar processos industriais automatizados; executar controle de qualidade; utilizar manuais, tabelas e especificações de catálogos no desenvolvimento de projetos, processos de instalação e manutenção de máquinas e equipamentos; realizar atividades assistidas por computador na elaboração de projetos ou na execução de programas de manutenção; elaborar planilhas de custo e orçamentos de manutenção; avaliar as propriedades dos materiais nas aplicações eletromecânicas; e realizar atividades de orientação para fabricação e adaptação de preças, componentes e máquinas eletromecânicas, sempre utilizando as normas técnicas de saúde, segurança e compromisso ambiental.

O fato de todos os dispositivos eletromecânicos integrarem componentes classificados como elétricos e componentes classificados como mecânicos não implicam que os componentes elétricos e mecânicos possam estar sempre separados fisicamente e operar independentemente uns dos outros. A energia é recebida ou fornecida por aqueles componentes, dependendo da natureza e da aplicação de um equipamento em particular. O processo de conversão de energia eletromecânica também abarca normalmente o armazenamento e a transferência de energia elétrica. O principal objetivo da engenharia eletromecânica é justamente o estudo dos princípios de conversão de energia eletromecânica, bem como o desenvolvimento de modelos para os componentes de sistemas eletromecânicos.

O Técnico em Eletromecânica é um profissional de nível médio hábil para atuar em diversos segmentos do setor produtivo. A habilitação técnica nesta área visa atender e sustentar o desenvolvimento dos diversos segmentos da sociedade.Executar, fiscalizar, orientar e coordenar diretamente serviços de manutenção e reparo de equipamentos eletromecânicos, instalações e arquivos técnicos específicos, bem como conduzir e treinar as respectivas equipes.Prestar assistência técnica e assessoria no estudo de viabilidade e desenvolvimento de projetos e pesquisas tecnológicas, ou nos trabalhos de vistoria, perícia, avaliação, arbitramento e consultoria, exercendo dentre outros, as seguintes atividades:

 

• Coleta de dados de natureza técnica;

• Desenho de detalhes e da representação gráfica de cálculos;

• Elaboração de orçamento de materiais e equipamentos, instalações e mão-de-obra;

• Detalhamento de programas de trabalho, observando normas técnicas e de segurança;

• Correlacionar sistemas de gestão da produção;

• Execução de ensaios de rotina, registrando observações relativas ao controle de qualidade de materiais e equipamentos eletromecânicos;

• Regulagem de máquinas, aparelhos e instrumentos de controle de fluidos;

• Dar assistência técnica na compra, venda e utilização de equipamentos eletromecânicos, assessorando, padronizando, mensurando e orçando;

• Responsabilizar-se pela elaboração, execução e inspeção de projetos de instalações industriais;

• Elaborar, executar e inspecionar instalações industriais de bombeamento de fluidos;

• Projetar e confeccionar pequenas máquinas;

• Ministrar disciplinas técnicas de sua especialidade.

porStatus Escola Técnica

Eletrotécnica Industrial

O curso Técnico em Eletrotécnica propicia uma formação generalista, de cultura geral, sólida e consistente. O profissional com esta formação poderá atuar em diferentes postos de trabalho na indústria, nas áreas de manutenção, projeto e execução tanto elétrica quanto eletrônica no setor produtivo, poderá trabalhar em empresas de geração e fornecimento de energia elétrica, indústrias de extração mineral, química, petroquímica, mineração, metalúrgicas, celulose, alimentos, têxtil, construção civil, mecânica, vestuário, calçados, gráficas e diversas empresas de consultoria e assessoria técnica. Esta área de serviços, que cresce a cada dia, abriu um campo de grandes oportunidades para o Técnico em Eletrônica, que pode se empregar e também empreender o seu próprio negócio.

É interessante observarmos que toda empresa, indústria, necessita de um profissional especializado nestas atividades, pois como pudemos observar ele é o responsável pelas atividades eletroeletrônicas da empresa.

O eletrotécnico pode realizar tarefas relativas à manutenção, operação, planejamento e teste em sistemas elétricos. Ele pode instalar e operar elementos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, bem como projetar, elaborar, desenvolver e assinar projetos de instalações elétricas.

Este profissional pode trabalhar em empresas de produtos eletroeletrônicos, empresas de concessão de energia, indústrias de metalurgia, assistência técnica, telecomunicações, construção civil, hospitais e clínicas.